Skip to main content

A cidade de Penedo

Na divisa entre Alagoas e Sergipe, às margens do rio São Francisco, está Penedo, tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional, é considerada uma das mais belas cidades históricas do país. Uma grande formação rochosa deu origem à cidade (um dos primeiros núcleos de povoamento do estado de Alagoas). Com igrejas, conventos e outras construções dos séculos XVII e XVIII, a cidade conta suas ruas um pouco do passado do Brasil, proporcionando uma volta ao período colonial.

As marcas deixadas pelos colonizadores portugueses e holandeses e pelos missionários franciscanos podem ser vistas e toda a arquitetura barroca espalhada pela cidade, que ainda traz a beleza da natureza, como os rochedos e as águas do São Francisco.

Penedo e os festivais de cinema

Entre os anos de 1975 e 1982, a cidade sediou um dos primeiros e mais importantes festivais de cinema do país. Durante oito anos o Festival do Cinema Brasileiro de Penedo foi realizado no Cine São Francisco, com capacidade para 980 espectadores, aquela sala de exibições foi considerada a época, uma das melhores e mais bem equipadas do Nordeste.

Com duração de três a quatro dias, o Festival, acontecia sempre na primeira quinzena de janeiro, seu encerramento coincidia com a procissão do Bom Jesus dos Navegantes, evento religioso tradicional que se mantém até os dias atuais, atraindo àquela cidade ribeirinha grande contingente de pessoas.

A retomada

Por sua importância cultural e histórica, a cidade de Penedo passa a integrar o Plano de Interiorização da Universidade Federal de Alagoas, assim, em agosto de 2026 a Ufal inicia suas atividades, colocando em funcionamento uma Unidade de Ensino no Baixo São Francisco. É nesse ambiente que se mistura a natureza e as manifestações culturais da região é fortemente influenciado por sua historicidade, que nasce a ideia do I Festival de Cinema Universitário de Alagoas, evento depois agregado ao Circuito Penedo de Cinema. Uma iniciativa que busca o estímulo e a fruição do cinema nacional e alagoano.